Blog - Ideias do seu jeito
Dicas de como limpar móveis em MDF e MDP
24 Fev

Dicas de como limpar móveis em MDF e MDP

Comprar móveis que combinem com o ambiente é um desejo de muitas pessoas que prezam pela qualidade dos produtos e durabilidade, além do ornamento na decoração da casa ou apartamento.

Com isso, os móveis em MDF e MDP ganharam destaque no mercado! Considerados mais baratos, com ótima durabilidade e inúmeras possibilidades de elaboração, eles dão notoriedade ao ambiente e combinam com muitos outros itens.

Porém, esses materiais ainda geram dúvidas na hora de limpá-los e conservá-los, trazendo insegurança e questionamentos no momento de escolher o produto de limpeza certeiro para as peças.

Para ajudar a entender melhor como limpar móveis em MDF e MDP e garantir a preservação adequada, confira algumas informações e dicas sobre os materiais, evitando a deterioração precoce dos produtos!

Quais as diferenças entre MDF e MDP?

Para começar, é preciso entender que o MDF e o MDP são materiais distintos, que partem do uso da madeira, porém, são elaborados e manipulados de formas diferentes. Assim, é possível definir ambos os produtos como:

Composição do MDF

O MDF – Medium Density Fiberboard é uma composição homogênea de madeira, sem camadas isoladas. Para melhor visualização, é possível pensar em fibras de madeira, resinas sintéticas e aditivos prensados, gerando uma superfície compacta e resistente.

Composição do MDP

O MDP – Medium Density Particleboard é desenvolvido por 3 camadas de cavacos ou chips de madeira, divididas entre 2 externas com pequena gramatura e 1 interna com gramatura maior.

Essa divisão é proposital, desenvolvendo maior resistência, estabilidade, durabilidade, e isolamento acústico entre uma estrutura e outra. Além disso, o MDP evita deformações na chapa ou empenamentos.

Vale lembrar que o MDP é diferente do aglomerado, o material não esfarela e usa técnicas mais atuais para seu desenvolvimento.

Como limpar e preservar os móveis?

Para ambas as composições há formas gerais sobre como limpar móveis, que valem para os 2 materiais. Assim, separamos algumas dicas essenciais na hora de escolher e passar o produto certo, confira:

Dicas de limpeza para MDF e MDP

Leia também: 05 erros comuns de organização em sua casaPara acertar em como limpar móveis, é preciso definir o momento da limpeza. A limpeza pesada é recomendada de 15 em 15 dias (podendo variar de acordo com o nível de sujeira acumulada), porém, o cuidado diário também é necessário.

Limpeza pesada

Para limpezas pesada, é recomendável realizar uma mistura como solução caseira, misturando um litro de água com uma colher de sopa de detergente. Essa mistura não deteriora o móvel e o preserva por mais tempo, além de poder ser usado em móveis no geral principalmente em manchas causadas por alimento (molho de tomate, ketchup, shoyu etc.), café e maquiagens, como batons escuros, delineadores, sombra etc.

Porém, para manchas específicas é possível inovar com outros produtos de uso comum, como a mistura de água quente e detergente neutro, que pode ser direcionada para um pano fofo que não risque a superfície. Sendo ideal para manchas de gordura em armários de cozinha ou cola branca seca, por exemplo.

Além dessa mistura, há produtos específicos que podem ser adquiridos com os fabricantes ou especialistas, porém, é necessário seguir o passo a passo e precauções.

Limpeza do dia-a-dia

Para limpezas mais leves que possam ser feitas no dia-a-dia, o ideal é usar pano seco para tirar a poeira acumulada ou pano úmido para eliminar a gordura. A mistura principal citada anteriormente pode ser uma opção para móveis com maior nível de sujeira, porém, passando pano seco logo após a aplicação.

Objetos de apoio para uma limpeza eficiente

Além do detergente e água na quantidade certa, a melhor forma de limpar móveis em MDF e MDP é com panos suaves de apoio para que não danifiquem a estrutura.

Tais utensílios podem ser adquiridos em formato retangular ou em composições mais práticas, como em forma de luvas ou espátulas de maior alcance, permitindo a limpeza em cima de móveis e em prateleiras mais altas.

Além disso, é necessário separar o pano úmido com a mistura e o pano seco que será utilizado após a aplicação, evitando deixar o móvel molhado e com propensão a gerar bolhas.

Itens que devem ser evitados

Outra dica é referente aos itens e substâncias que não devem ser usados na limpeza de MDF e MDP, e que, ainda assim, podem gerar confusão na hora da compra.

  • Dentre eles, os principais que devem ser evitados são:
  • Desengordurantes e produtos multiusos, que podem deixar manchas amareladas na superfície;
  • Detergentes coloridos que podem influenciar na pigmentação do móvel e também manchá-los;
  •  Lustra móveis que não sejam à base de silicone incolor.

Além disso, não é recomendável deixar o móvel molhado por muito tempo ou embevecido em alguma substância, podendo deteriorar mais rápido a parte em questão.

Outro detalhe é o uso de esponjas e buchas que possam riscar as chapas de MDF ou MDP e, ainda, estragar a pintura, expondo o interior do móvel e gerando transtornos com a recuperação posterior.

Em caso de mais dúvidas sobre os produtos que possam ser aplicados, basta contatar o fornecedor ou a loja responsável pelas vendas, que informarão as melhores maneiras de como limpar móveis e quais os métodos próprios para aquele material, porém, o importante é prestar atenção às dicas anteriores e aos métodos de conservação do produto, evitando desgaste prematuro e interferência negativa em seu custo-benefício.

A Henn, por exemplo, é uma empresa que, além de oferecer produtos de grande qualidade para os clientes, possui variedade e prestatividade no atendimento, tornando-se ótima opção na compra de móveis em MDF e MDP para um aproveitamento em longo prazo.

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Quer receber dicas e novidades da Henn?