Blog - Ideias do seu jeito
Rotina de mãe: 3 dicas para ajudar no dia a dia
30 Ago

Rotina de mãe: 3 dicas para ajudar no dia a dia

Manter a rotina bem estruturada é um desafio, principalmente quando há afazeres domésticos, responsabilidades no trabalho e com a família. Quando a mulher precisa lidar com todas essas exigências e, ainda, com os cuidados da criança, a rotina de mãe pode ser mais difícil, exigindo muita organização e jogo de cintura para cumprir suas obrigações.

Porém, para conciliar os horários, manter a qualidade nas tarefas e ainda participar da vida dos filhos, não é necessário abdicar de uma ou outra atividade, há algumas dicas que podem ajudar na rotina de mãe e no dia a dia dos pequenos.

Para isso, confira 3 dessas dicas e comece a testá-las!

1- Concilie sua rotina com a das crianças

Os filhos precisam ir para a escola, creche ou para a casa de um responsável, fazer as refeições, se preparar para a saída, organizar os materiais e uma série de outras atividades que devem ser feitas diariamente. Para que a rotina das crianças e da mãe sejam compatíveis, uma dica valiosa é organizar os horários do responsável de acordo com essas necessidades e repassar para o pequeno.

Se ele já tiver idade o suficiente para ter obrigações, é possível designar atividades específicas enquanto a mãe faz outras coisas. Como exemplo, a criança pode se vestir enquanto a mãe se troca para o trabalho, ou o pequeno pode preparar sua mochila enquanto a mãe prepara o lanche.

Leia também: Mamãe de primeira viagem: itens indispensáveis para a bolsa do bebêCaso a criança ainda não tenha responsabilidades, a mãe pode determinar qual a melhor ordem que engloba tanto as responsabilidades do filho quanto do adulto, com uma previsão de tempo que não prejudique os horários do trabalho ou da escola.

Determine prioridades pessoais e profissionais

Como a rotina demanda muito tempo direcionado para a criança, é necessário pensar as atividades e desejos de acordo com a prioridade. Se a mãe quiser fazer um curso profissionalizante e uma atividade complementar, por exemplo, é importante definir qual exercício é prioritário e mais relevante, evitando sobrecarregar ainda mais a rotina de mãe.

O mesmo vale para as atividades da criança. Se o pequeno precisar de aulas de reforço e ainda quiser fazer um curso extra, a responsável deve avaliar qual atividade é mais urgente, como encaixar na rotina e se há recursos o suficiente, ajudando a criança a se desenvolver e, ainda, evitando comprometer o orçamento e rotina de ambos.

Forme uma rede colaborativa

Por fim, ao se tornar mãe o caminho natural é começar a frequentar outros ambientes comuns aos pais, como escolas, reuniões de pais e professores ou outras instituições e ambientes, como clubes e parques. A partir desse contato, uma possibilidade é formar uma rede colaborativa com outros pais, familiares e amigos, com intuito de aliviar o peso da rotina de mãe e, ainda, ajudar outros responsáveis.

Muitos pais, por exemplo, marcam de revezar o final de semana com as crianças. Assim, uma família se responsabiliza pelos cuidados do pequeno em um final de semana enquanto outra possui tempo livre para outros afazeres e obrigações. Mais um exemplo é pensar em caronas para a escola ou mesmo lanches comunitários, experiências interessantes tanto para a criança quanto para melhorar a qualidade da rotina de mãe.

Essas dicas são ótimas para que o dia a dia da mãe e da criança sejam mais interessantes, assim, esses e outros pontos podem ser adaptados de acordo com a necessidade da família, atividades de ambos e gostos pessoais.

Gostou das dicas que separamos para você? Aproveite para assinar nossa newsletter e conferir outros artigos interessantes!

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Quer receber dicas e novidades da Henn?