Blog - Ideias do seu jeito
Conheça mais sobre o estilo escandinavo e encante-se!
08 Out

Conheça mais sobre o estilo escandinavo e encante-se!

Uma decoração simples e funcional é o objetivo para muitas pessoas que buscam transformar seu lar e adequar os cômodos de acordo com gostos e tendências. Para um ambiente confortável, moderno ou mesmo com design mais clássico, muitos tons, formas e estampas podem ser repensados de acordo com estilos renomados cada vez mais em destaque, ajudando a montar o melhor ambiente para todos.

Dentre as principais tendências, o estilo escandinavo é um dos mais referenciados para uma decoração mais simples e, ao mesmo tempo, muito bonita, oferecendo sofisticação e simplicidade ao local.

Para entender melhor sobre o estilo escandinavo e começar a aplicá-lo em sua casa, confira algumas informações sobre essa vertente e entenda como aderi-la!

História do estilo escandinavo

O estilo escandinavo, assim como mencionado pelo nome, provém do norte da Europa em uma região chamada Escandinava, composta pela Finlândia, Dinamarca, Suécia e Noruega. Ele surgiu no século XX e tem como referência toda a ambientação da Escandinava e suas características locais, que vão desde locais amplos e montanhosos até suas características climáticas como a luminosidade natural valorizada, o branco da neve abundante e pontos de grande escuridão.

Esse design foi adaptado para ambientar o interior de casas, estúdios ou mesmo lojas, oferecendo uma sensação "clean", confortável e de maior organização para o local.

Características de destaque

Com foco no ambiente escandinavo, o estilo possui algumas características principais que, mesmo adaptadas de acordo com o local e necessidade, seguem alguns padrões, como:

Tons neutros

O escandinavo usa muitos tons neutros que vão além dos pastéis. A aproximação é mais direcionada para cores envelhecidas ou clássicas, como o cinza, preto, marrom e variações parecidas, criando contrastes entre as colorações para que o local não fique muito frio.

Dessa forma, é bom investir em móveis que sigam esses indicativos e, ainda, combinem entre si. Mesas e cômodas brancas oferecem esse ambiente clean para o quarto ou closet, enquanto pisos em madeira escura, mesas em madeira maciça e outras mobílias de tons semelhantes são ótimos para um aconchego maior no lugar, então vale a pena mesclar essas escolhas.

Objetos com cores em destaque

Se você quer combinar os pigmentos neutros com outras cores, uma possibilidade é usar detalhes em tons mais chamativos em menor quantidade, mas que deem personalidade para o cômodo.

Como exemplo, muitas pessoas que optam pelo estilo escandinavo também usam objetos decorativos em tons avermelhados ou mais próximos do terroso, como quadros, vasos, aromatizadores ou mesmo em pequenos pedaços do cômodo, como paredes ou cortinas.

Minimalismo

O design minimalista é um dos pontos altos no estilo escandinavo. Seguindo o ditado de que "menos é mais", estruturar os cômodos de acordo com essa tendência é optar por móveis indispensáveis e com design simples, que combinem com as cores do local.

Leia também: Como deixar o quarto bem aconchegante com estilo e bom gostoEsses móveis devem ser bonitos e funcionais, assim, algumas características físicas destacam-se, como linhas finas e elegantes, formas simples e retas, poucos enfeites e bibelôs, maior qualidade nos itens de decoração e menor quantidade.

A junção dessas características deve resultar em um local organizado e espaçoso para os moradores e visitantes. 

Uso do estilo escandinavo dentro de casa

Para entender melhor como aplicar os pontos citados anteriormente dentro de casa, é possível dividir a aplicação do estilo escandinavo de acordo com o local. Assim, algumas possibilidades são:

Salas de convivência

Como a sala é um local de convivência entre os moradores e visitantes, o piso pode ser branco ou de madeira clara para uma boa primeira impressão. O sofá pode ser bege ou mesmo branco, além de abranger itens como almofadas e tapetes, que podem ser os objetos de destaque e apresentarem cores um pouco mais escuras e terrosas, aprimorando a sensação de aconchego do local.

Além dessas peças, pode-se combinar as cores das almofadas e tapete com móveis menores espalhados pelo local, como mesinhas e banquetas. Porém, sem deixar de lado que esses móveis precisam ser simples, pontuais e funcionais.

Quartos

Para quartos, além das paredes brancas e piso claro que podem ser mantidos, é importante pensar em roupas de cama beges e mais básicas e formas de integração do estilo escandinavo em móveis comuns. Cômodas e mesinhas, por exemplo, podem seguir uma linha mais simples e combinar entre si, além de manter espaço útil no local.

Para objetos de decoração, nada de encher o lugar com pequenas peças ou itens muito destoantes, é preciso seguir o minimalismo e escolher itens que personalizam o ambiente e mantenham a sensação de conforto e organização.

Jardins

A Escandinava e muito conhecida por suas paisagens naturais, com muito verde combinando com o branco da neve. Assim, para decoração os jardins verticais são ótimos pedidos, da mesma forma que vasos pontuais na cozinha ou mesmo no parapeito de janelas agregam referência ao local.

Combinar o jardim com itens de madeira como prateleiras suspensas ajuda a manter o estilo e, ainda, favorece os objetos.

Iluminação

Em conjunto com a montagem dos cômodos, a iluminação é muito importante em todos os cômodos da casa. Para manter a base minimalista, opte por arandelas simples ou suportes individuais, destacando pontos estratégicos do local.

Além disso, a iluminação branca e clara é um dos destaques no estilo escandinavo, então aproveite a iluminação natural disponível e monte um projeto de luzes difusas caso a casa ou apartamento seja mais escuro, optando por lâmpadas mais fortes e intensas, além dos focos mais abrangentes que não mantém uma intensidade fechada, mas que espalha a iluminação pelo cômodo.

Essas informações ajudam a montar ambientes com bastantes referências ao estilo escandinavo, sendo que todas as dicas podem ser adaptadas de acordo com o gosto dos responsáveis e necessidades no momento. Para começar a aplicá-las, basta montar um projeto particular e possibilidades de objetos para composição, visualizando o resultado antes de implementar as ideias.

O que achou das informações sobre o estilo escandinavo? Para receber mais artigos com informações interessantes, assine nossa newsletter e aproveite!

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Quer receber dicas e novidades da Henn?