Blog - Ideias do seu jeito
Brincadeiras para desenvolver o bebê: veja opções de acordo com a faixa etária
18 Out

Brincadeiras para desenvolver o bebê: veja opções de acordo com a faixa etária

Cuidar de uma criança vai muito além de pensar nas necessidades básicas do pequeno. Seu desenvolvimento motor, seu aprendizado e a maneira que enxergará o mundo também serão influenciados pela criação dos pais, assim, é necessária muita atenção.

Mesmo com as muitas atividades e afazeres, os pais podem se integrar de atividades que ajudem no desenvolvimento do bebê, como as próprias brincadeiras em seu dia a dia. Muitas brincadeiras ajudam a estimular o raciocínio, o desenvolvimento psíquico e motor e pontos de personalidade da criança, ajudando no crescimento saudável.

Para conhecer algumas dessas brincadeiras que ajudam no desenvolvimento do bebê, confira algumas opções!

Crianças de 6 até 12 meses

As crianças de 6 até 12 meses estão na fase em que começam a ficar eretas, sentar sem apoio e passam a manusear objetos de uma mão à outra. Esse equilíbrio vai se intensificando conforme o tempo passa, melhorando a atividade motora.

Além disso, o pequeno começa a entender sons, a gostar de algumas músicas e formar o conceito de “causa e consequência”, assim, quando for brincar com objetos, irá começar a entender que soltando o boneco ele cai, ou jogando com mais força ele se distancia.

Dessa forma, é bom investir em bichinhos flutuantes para usar em banheiras, cubos coloridos com sons, brinquedos de encaixe, com botões sonoros ou mesmo formas geométricas para empilhar, estimulando a criatividade e o raciocínio do pequeno e ajudando no desenvolvimento do bebê.

Leia também: Conselhos que toda mamãe de primeira viagem deveria receber

Crianças de 1 até 2 anos

Um pouco mais velhas, crianças de 1 ou 2 anos já terão mais equilíbrio e curiosidade, então é um ótimo momento para começar a rabiscar, dobrar e rasgar papel. Além disso, começam a ter consciência das partes do corpo e suas divisões, então usar músicas para estimular a dança e coreografias também é uma boa opção.

É nessa época que algumas palavras começam a ser expressadas e demonstrar desejos pontuais, como “não”, “sim”, “quero” e “para”, então é preciso estimular a conversa entre os pais com os filhos para aumentar o vocabulário e entendimento da criança.

Nesse momento as crianças ficam muito espertas e curiosas, então qualquer objeto vai ser fonte de brincadeiras. Assim, evite deixar chaves de carro, talheres e pequenos itens espalhados em casa para que não haja acidentes.

Crianças de 3 ou 4 anos

Crianças com 3 ou 4 anos já andam e correm, são mais independentes e sociáveis. Nessa idade é bom estimular o contato com os amigos e fazer brincadeiras em grupo ou mais agitadas. Passar uma tarde no parque com o triciclo, brincando de pega pega ou de futebol são boas ideias para direcionar a energia da criança e contribuir com seu desenvolvimento.

Todas essas brincadeiras podem e devem ser complementadas com outras ideias que melhor trabalham com o desenvolvimento do bebê, afinal, há uma infinitude de atividades que podem ser feitas com os pais e as crianças. Além disso, cada pequeno se desenvolve no seu tempo, então é importante acompanhar esse crescimento e identificar os melhores momentos para cada atividade.

Se você gostou das dicas e quer receber ainda mais, confira nosso blog e assine a newsletter para se atualizar!

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Quer receber dicas e novidades da Henn?