Blog - Ideias do seu jeito
04 dicas para fazer a gestão de compras em loja de móveis
26 Nov

04 dicas para fazer a gestão de compras em loja de móveis

Quem tem uma loja de varejo precisa ficar bem atento à questões de logística. Comprar muitos móveis do fornecedor pode gerar prejuízo e dinheiro parado no estoque. Porém, comprar poucas peças, pode significar grandes perdas de boas oportunidades de venda. Mas então, como fazer a gestão de compras para minha loja?

Essa é uma questão muito importante e que pode, inclusive, determinar se a sua loja terá sucesso ou não no nicho em que atua. 

Para entender mais sobre como fazer a gestão de compras de móveis, vamos um pouco mais além no assunto!

O que é gestão de compras?

Para compreender como fazer uma gestão de compras, primeiro é preciso compreender o que é uma gestão de compras.

Também chamada de administração de compras, a gestão de compras refere-se a ações que a empresa deve promover para garantir o pleno funcionamento da empresa. Nesse caso, a loja de varejo não deve pensar apenas no dinheiro que vai investir para comprar os móveis, mas também na quantia necessária para manter esses itens até ir para a mão do cliente.

Por exemplo, haverá gasto com o aluguel de um galpão, caso não tenha um local próprio, gastos com funcionários para fazer a manutenção desse galpão, para controlar o estoque, entre outros custos como transporte de mercadorias.

Como fazer uma boa gestão de compras?

1. Relacione-se bem com os fornecedores

Você precisa dos fornecedores para manter a sua empresa em pleno funcionamento. É claro que existem outros que podem oferecer o mesmo produto. Porém, quanto melhor o seu relacionamento com um fornecedor, maiores as chances de ele oferecer descontos, prazos de entregas menores e outros benefícios.

2. Faça uma boa gestão de estoque

Para fazer uma boa gestão de compras na sua loja de móveis, você precisará também fazer uma boa gestão de estoque. 

É preciso identificar quais são os produtos que estão prestes a acabar e quais são aqueles que estão sobrando no estoque ou estão ficando por mais tempo que o previsto na loja. É preciso compreender quais itens acabam mais rápido para fazer o pedido antes do estoque zerar. 

Isso é muito importante, por exemplo, se você vende online. É bastante constrangedor o cliente fazer um pedido e você ter que dar a notícia de que, na verdade, o produto está indisponível.

3. Faça o controle de entrada e saída

Ao fazer o registro de cada entrada e saída dos móveis da loja, desde o momento em que a loja recebe o móvel, até o momento de saída, ou seja, que o cliente leva, é fundamental para ter um controle. Esse controle é o que dará a você as informações que precisa para evitar compras desnecessárias de mercadorias que podem se tornar um prejuízo no futuro.

4. Faça compras programadas

Quando programamos um gasto, por exemplo, fica bem mais fácil de nos organizar financeiramente. Ao ter o controle de entradas e saídas e o fluxo de vendas, é possível saber, com certa precisão, qual é o melhor momento para fazer o pedido de móveis específicos ao fornecedor. Criar um calendário de compras pode ser a melhor solução.

Das dicas dadas aqui, a organização é um fator em comum. Se a sua empresa já estiver em um ponto que fazer o controle manual fica difícil, você pode usar algum tipo de software. A tecnologia pode ser sua grande aliada nesse momento.

Se você quiser receber mais dicas para ajudá-lo a cuidar melhor do seu negócio, então, assine a nossa newsletter

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Quer receber dicas e novidades da Henn?