Blog – Ideas your way
A importância de permitir-se não ser produtivo
23 Jun

A importância de permitir-se não ser produtivo

Se você também sente que a quantidade de lives, cursos online e tutoriais tem colocado a sua produtividade a prova nessa quarentena, esse artigo pode fazer bastante sentido.

Você não precisa se sentir super produtivo durante uma crise 

Na verdade, forçar esse sentimento pode ser um indício de negação, de que você ainda não conseguiu aceitar que o mundo está mudando e nunca mais será como antes.

"Nenhuma pessoa sã sente-se bem durante um desastre global, então agradeça pelo desconforto que sente." - Aisha Ahmad

Ninguém se sente confortável com mudanças, uma mudança dessa magnitude então, precisa de tempo para adaptar o corpo e a mente, criar uma nova rotina, estabelecer uma aura de cooperação com quem vive contigo e com você mesmo, em um momento com esse, são mais fundamentais do que ser produtivo. 

Imagem: @lucasschuch

Imagem: @lucasschuch

Ninguém está sendo tão produtivo assim

Sabe aqueles @ que não param de postar as mil coisas que estão fazendo todos os dias? Eles também têm problemas para ser produtivos, não se engane. E se ver essa propaganda toda te deixa triste, talvez seja uma boa você deixar de seguir essa galera por um tempo.

Falar que não é pra você se comparar com os outros é fácil, mas na prática, não é bem assim. Então a dica aqui é: enquanto estiver em casa procure formas de ver, ouvir, conversar e consumir gente e conteúdos que te façam bem, sem pressão, sem forçar nada, apenas aquilo que realmente faça sentido pra você. 

Imagem: @obviousagency

Comece aos poucos, respeite o seu tempo

A professora-assistente de Ciências Políticas na Universidade de Toronto, Aisha Ahmad, diz que depois que passamos da fase de aceitação (da mudança, da pandemia..) e entendemos essa nova forma de existir, aos poucos nossa produtividade começará a voltar.

Então, quando chegar o dia em que você sente que pode fazer mais, vá fundo, invista seu tempo no que tiver vontade. Mas vá com calma, sem cobranças, sem expectativas desmedidas. E depois, não esqueça de celebrar sua nova conquista.

"Está bem se você continua acordado às 3 da manhã. Está bem esquecer de almoçar ou não conseguir fazer uma teleaula de ioga. Está bem se faz três semanas que você nem toca naquele artigo-que-só-falta-revisar-e-submeter."  - Aisha Ahmad

 O estranho caso da superprodutividade

Também é preciso falar daquelas pessoas que, na contramão da maioria, se jogam de cabeça no trabalho e se tornam mais produtivas do que nunca. Essa opção também não é a mais saudável, é preciso saber a hora de focar e a hora de parar, de forma que você consiga lidar e aceitar tudo que está acontecendo. 

Se você consegue manter a produtividade no trabalho, procure respeitar os horários e se desligar dessa atividade no contraturno. Caso seja difícil pra você, coloque na agenda (de verdade, escreve lá) pequenos períodos para fazer nada e obrige-se a cumprí-los. 

Imagem: @lucasschuch

Invista em boas companhias

E quando digo boas companhias, falo de você mesmo. Só você vai passar 100% do tempo consigo mesmo, que tal, então, fazer dessa uma experiência agradável? 

O processo de autoconhecimento não precisa ser algo grande e revolucionário logo de cara, respeitar seu tempo e entender o que você está sentindo, saber nomear seus sentimentos já é um ótimo começo. 

Imagem: @mari.vidailustrada

Está tudo bem não ser produtivo o tempo todo, respeite seu tempo, seus sentimentos e suas escolhas. O que a gente mais precisa entender nesse momento é que o mundo está mudando e que entender e conviver com essas mudanças vai levar tempo e tudo bem.

Para mais conteúdos como, assine nossa newsletter antes de sair. 

Share with
your friends

Leave a comment

Select the subject of
your interest!

Want to receive tips and news from Henn?